A iniciativa está agendada para as 21h30, no Auditório Municipal António Chainho, com a cantora a interpretar peças de Darius Milhaud (1892-1974), Lili Boulanger (1893-1918) e Olivier Messiaen (1908-1992).

Promovido pela associação Pedra Angular, o festival "Terras sem Sombra" assume-se como "uma temporada cultural que, em itinerância por diversos concelhos do Alentejo, propõe um programa que abarca a música erudita, o património e a salvaguarda da biodiversidade".

Na sua passagem por Santiago do Cacém, o programa do evento inclui, além do concerto, uma visita guiada ao sítio arqueológico de Miróbriga, a partir das 15h00 de sábado, 17, com a participação da arqueólogo Manuela de Deus e do historiador de arte José Raul Tiago.

Para a manhã de domingo, 18, pelas 9h30, está previsto um percurso pelo pinhal do conce-lho, em que os participantes contarão com as explicações e observações de quatro conhece-dores deste território: Albano Pereira (vereador), Joaquim Pinheiro (engenheiro agrónomo), José Matias (técnico de património) e Luís Cavalinhos (funcionário municipal aposentado).

Depois de Santiago do Cacém, o festival "Terras Sem Sombra" vai também passar pelos concelhos de Sines (21 e 22 de agosto) e de Odemira (18 e 19 de setembro).