Foto: Luís Filipe Raposo

As processionárias, ou lagartas do pinheiro, têm efeitos nocivos nos humanos e nos animais domésticos, pelo que se apela à população para que, nesta fase, não utilize aquele jardim, que se encontra vedado.

O município irá levar a cabo uma desinfestação do jardim da Alameda da Paz e de outros pontos da cidade onde foi identificada a existência de processionária do pinheiro.


Comente esta notícia


SINES