Segundo fonte da GNR, a apreensão ocorreu “na sequência de uma denúncia”, o que levou os militares da guarda a deslocarem-se ao local onde se encontrava abandonada a máquina de tabaco.

Após diligências policiais, foi possível apurar que esta havia sido furtada em Montemor-o-Novo e que haveria ainda um veículo furtado em Évora, que teria sido utilizado no furto da referida máquina de tabaco. O veiculo foi encontrado abandonado na mesma zona.

As autoridades suspeitam que a viatura tenha sido utilizada para transportar a máquina para aquele local e após a retirada do tabaco, os criminosos colocaram-se em fuga, noutra viatura.

No decorrer da ação foi apreendida uma máquina de tabaco vazia e uma viatura ligeira.

Os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Grândola.

Esta ação decorreu com o reforço do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Grândola e do Núcleo de Apoio Técnico (NAT) de Setúbal.