Clube que foi fundado pela fusão dos Sempre Fixes e União Cercalense, clubes que nos anos 70 e 80 se dedicavam à prática do futebol na então aldeia do Cercal do Alentejo.

O Campo da Boa Vontade, propriedade da Casa do Povo, que recentemente recebeu um relvado sintético foi o palco de muitos animados dérbis entre as duas equipas, nos anos 80 e 90.

Em 1990, começou a surgir a ideia de formar apenas um clube, o que veio a acontecer a 10 de outubro de 1991.

O objetivo era formar uma equipa de futebol mais forte, que pudesse disputar uma divisão superior, o que não foi conseguido, já que nestes 29 anos, raramente o clube conseguiu ter uma equipa de futebol sénior e quando teve, alternou entre o Inatel e a 2.ª divisão distrital.

Desde 2011, com João Ludovico na presidência, o clube voltou a ter uma equipa sénior, mas a falta de sustentabilidade e de jogadores levou à sua extinção de novo.

O clube aposta agora na formação, com uma equipa de futebol de 7 em competição e na requalificação das suas instalações.

O clube está a concluir a requalificação do campo de futebol, com a colocação de um relvado sintético e a construção de uma bancada, um investimento de 220 mil euros, financiado em 130 mil euros pela Câmara Municipal de Santiago do Cacém.

A sede do clube, um espaço que nos anos 70, 80 e 90 era muito procurado pelos jovens de toda a região pelas suas matinés, também sofreu alguns melhoramentos e hoje tem todas as condições para receber eventos e ser frequentada pelos sócios. 


Comente esta notícia


SINES