Álvaro Beijinha, presidente da autarquia, refere que “após vários dias seguidos com novos casos, fruto do surto que nos afetou, temos o primeiro dia sem novos casos”.

O autarca acrescentou que o surto “está praticamente controlado, o que não significa que relaxemos no rigor do cumprimento das indicações das autoridades de saúde, pois só assim poderemos conter a pandemia”.

A Câmara Municipal de Santiago do Cacém, “após ouvir a autoridade local de saúde”, decidiu reabrir hoje o Auditório António Chainho, Arquivo Municipal, Biblioteca Manuel da Fonseca, Moinho da Quintinha e Museu Municipal de Santiago do Cacém.

O concelho de Santiago do Cacém registava ontem 64 casos positivos, 36 recuperados e um óbito.


Comente esta notícia


SINES