Segundo fonte da empresa, “a intervenção teve como objetivo estabilizar cinco taludes de escavação e um de aterro”, situados no troço entre a Estação de Amoreiras e a Estação de Luzianes, no interior do concelho de Odemira, num montante de investimento de 1,9 milhões euros.

Ao nível dos taludes de escavação os trabalhos consistiram na “colocação de redes de alta resistência e barreiras dinâmicas contra a queda de blocos” e no talude em aterro foi construído “um passeio de via e procedeu-se à construção de um muro de gabiões” assegurou a mesma fonte.

Foi ainda beneficiado o sistema de drenagem superficial em todas as intervenções realizadas. A obra, executada em duas fases, não comprometeu a circulação regular de comboios entre Lisboa e o Algarve.


Comente esta notícia


SINES