A alerta foi dado cerca das 07 horas e quando os bombeiros chegaram ao local as chamas já estavam a consumir a habitação e o homem estava caído no seu interior.

A vitima que tinha dificuldades de locomoção, foi assistida no local pela equipa da VMER e transportada para o Hospital do Litoral Alentejano onde deu entrada em estado considerado muito grave devido à inalação e fumos e algumas queimaduras que tinha no corpo.

Na unidade hospitalar o seu estado agravou-se e o óbito foi confirmado ao final da manhã.

As autoridades estiveram no local a investigar as causas do incêndio, suspeitam de um curto circuito.

Nas operações de socorro estiveram os Bombeiros de Santiago do Cacém, a Viatura Médica e de Reanimação do Hospital do Litoral Alentejano, o Serviço Municipal de Proteção Civil e a GNR, num total de 12 operacionais apoiados por sete viaturas.


Comente esta notícia


SINES