A proposta foi aprovada por maioria na sessão da Assembleia Municipal de Santiago do Cacém, que decorreu no passado dia 25 de setembro.

A autarquia tem vindo a diminuir, nos últimos cinco anos, a incidência sobre o valor patrimonial tributário para prédios urbanos, sendo que, no ano de 2016, a taxa de IMI estava nos 0,400%.

A redução deste valor é a concretização do compromisso, assumido pelo executivo municipal, de baixar anualmente a taxa do IMI até ao final deste mandato.

Esta medida beneficia um número muito significativo de famílias do concelho, tendo em consideração que quase todas têm casa própria.


Comente esta notícia


SINES