Foi no dia 17 de setembro de 1980 que a Caixa de Crédito Agrícola Mútuo de Santiago do Cacém abriu, por sua iniciativa, a primeira Delegação do país, em Alvalade, no concelho de Santiago do Cacém, rompendo com o modelo instituído de uma só Delegação por Caixa, embora a legislação já o permitisse desde 1911.

Alvalade, uma localidade suportada pela atividade agrícola, pecuária e florestal, com uma população dedicada essencialmente ao setor primário que ao longo de todo este hiato temporal apenas contou com esta Instituição Bancária ao serviço da sua população.

Esta ação foi a génese da expansão das Caixas Agrícolas, que só na década de 80 promoveu a abertura de mais 182 Delegações por todo o país.

Um passo pioneiro que contribuiu para o reconhecimento do Grupo Crédito Agrícola como um dos principais grupos financeiros portugueses, assumindo a posição de Entidade Bancária com a maior rede atual de agências do país, continuando a garantir a acessibilidade aos serviços financeiros em localidades mais desfavorecidas e menor densidade populacional, constituindo-se como um pilar de sustentabilidade económico-social.


Comente esta notícia


SINES